quinta-feira, 19 de julho de 2007

Tempestade de Meteoritos sobre Itaquera

Em resposta ao universo amorfo das mercadorias que se entulham nos terrenos baldios meteoritos riscarão o céu de Itaquera em breve.

"...para realizar a tarefa, criar conceitos, que são antes meteoritos que mercadorias." ( Gilles Deleuze e Félix Guattari)

3 comentários:

MARIA LEITE disse...

Fabiano!
Muito belo o seu trabalho. Estou pensando o belo não como aquilo que agrada, mas como o que choca e faz pensar. Então, talvez, a palavra adequada não seja o “belo”, mas o “real”. O real em Lacan é sem zonas, sem subdivisões ou lacunas: o real é um tipo de tecido inteiro, indiferenciado. O real é o que ex-siste: existe fora, separado da nossa realidade.

MARIA LEITE disse...

OK Fabiano,
malholthausen@hotmail.com

Deborah disse...

Eita.. E qnd será essa chuva galácica aí?